QUEM ME CONHECE?

Tempo de leitura: 3 minutos

QUEM ME CONHECE?

Creio que o anseio da maioria dos músicos é ser conhecido. Algumas pessoas são cometem insanidades, fazendo de seu meio ambiente um “Picadeiro”, ou em outras palavras, bancam o “palhaço” na tentativa bem ou mal sucedida de serem conhecidos.

As vezes gosto de fazer um “remember”, ou como os programas de TV dizem, uma “retrospectiva” sobre todos os meus anos de jornada.

Sei que ainda tenho muito a ser vivido, e muitos alvos a serem alcançados, mas a bagagem adquirida até aqui, pode ser útil às pessoas que estão começando. Posso literalmente te dizer o caminho que não funciona; como você pode ver, aprendi muito com meus erros.

Bem, cheguei à conclusão de que não importa quem ou quantas pessoas me conhecem, mas como me conhecem. É muito importante pra quem deseja seguir um caminho público, ser aceito pelas pessoas.

Aqui não cabe aquele dito: Falem mal ou falem bem, mas falem de mim.

Passamos nosso tempo construindo uma “reputação”, e quer você concorde ou não com isso, neste exato momento você está construindo a tua. O grande diferencial está na maneira com que você está construindo esta imagem na cabeça das pessoas.

Faça-se as seguintes perguntas:

1- Sou admirado e respeitado pelas pessoas?

2 – Estou preocupado com o tipo de pessoa que sou, ou simplesmente vivo um dia após o outro, e as pessoas que me aceitem como sou?

3 – Sou conhecido e respeitado pela minha musicalidade e paixão pela musica?

4 – Realmente me importa ser aceito como bom ou mal músico?

Trazendo para o mundo das “Redes Sociais”: Não importa quantos mil seguidores tem no Facebook e Instagram ou a forma como você os fisgou; importa quantas pessoas curtem tuas fotos e mensagens. Percebe como isso tem muito mais a ver com a pessoa, do que com o         “Personagem”?

Agora trazendo para o Universo da Música: Não importa quantos instrumentos você “ostenta”, não importa quantas mil notas você executa por segundo ou o quanto de equipamento você possui; importa o som, o feeling  e a melodia que saem do instrumento quando você toca.

Quem te ouve hoje, vai querer te ouvir amanhã? 

Se você quer realmente ser aquela pessoa a ser lembrado em primeiro lugar, se você realmente deseja que as pessoas tenham carinho por você e parem pra ouvir a tua música, existe um caminho a ser trilhado.

Bom, poderia te dar mil nomes a serem seguidos, mas acho que por hora vou te dar apenas um.

A grande referencia pra mim é um homem chamado Jesus. Ele foi a pessoa mais influente que o mundo já conheceu. Se Ghandi mudou a India, Jesus mudou o mundo, e mesmo após sua morte continua mudando.

Siga Seus passos, aprenda sobre Seu caráter, aplique tudo o que aprendeu em teu modo de ser e por que não em tua música.

Lembre-se de que a Excelência é o caminho da perfeição. Aprimore-se cada dia mais, sendo minucioso com a melodia que sai do teu instrumento, com o som que sai da tua voz, dos gestos e atitudes. Percebe como eu coloco sempre a música em paralelo com a nossa vida? Pois é assim mesmo que penso, Música é vida.

Grande abraço;

Déio Tambasco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *