Projeto Folk Déio Tambasco

Tempo de leitura: 3 minutos

Déio Tambasco Folk

folk
Déio Tambasco Folk

Déio Tambasco Folk nasceu precisamente no em janeiro de 2014, quando Teófilo Hayashi, pastor líder do Ministério Dunamis, me convidou para cantar na gravação do primeiro Fornalha do ano. A idéia era fazer algo simples, mas com excelência, então logo pensei num formato que tinha visto e resolvi adotar.

Depois da gravação muitas portas se abriram, convites para ministrar em todo país, mas por alguma razão resolvi deixar o projeto apenas em minha igreja, nos cultos mensais de adoração que fazíamos,  e sai com minha banda ou com bandas locais, sempre para facilitar as coisas a quem me convidava.

Folk
Fornalha – jan – 2014

Mas como amante das musicas Folk e Blues, e fan de cantores como Nora Jones, Amos Lee, Ben Harper, Munford and suns, Third Day e muitos outros, o estilo sempre falou muito alto, influenciando muitas de minhas músicas como Saudade, Lech Lechá e outras de meu novo CD Kadev Kavod.

Finalmente chegou a hora de colocar este projeto em prática, e levar este formato de adoração a todos os cantos do nosso País, pra isso gostaria de falar mais sobre o projeto Déio Tambasco Folk.

Nos cultos de adoração em minha igreja, Batista Renovada de Vila Penteado, nossa visão sempre foi a de unir as pessoas em torno de dos instrumentos, sem que houvesse aquela impressão de artista no palco e público na plateia, e assim fizemos algumas vezes. Obviamente esta idéia é antiga, pois qualquer culto no lar segue o mesmo modelo, mas quando levamos esta ideia para um culto dentro da Igreja, como dizem: é o Céu na Terra.Claro que não são todas as Igrejas que nor permitem fazer desta forma, alguns lugares possuem bancos fixos, outros são literalmente Anfiteatros, mas o importante acima de tudo é manter o clima de intimidade com Deus e o próximo, como corpo de Cristo que somos.

Déio Tambasco Folk é um projeto simples, e mais simples ainda é promover este evento, pois Posso viajar sozinho ou com um baixista; não tenho um valor fixo ( cachê ), pois acredito que quando fixamos um preço limitamos o agir de Deus, então cada Igreja nos oferece aquilo que pode e acredita, para honrar ao meu ministério e minha família, afinal os deixo para fazer a obra, e nada mais justo do que voltar com a provisão necessária.

A apresentação requer um certo “cenário” o que não acarreta em custo, pois tudo pode ser feito com simplicidade, como foi o próprio Fornalha e tantos outros eventos que participei até hoje. Mas como disse, nos casos em que não houver possibilidade deste tipo de adaptação, não há problema algum em nos apresentarmos da maneira tradicional como sempre fizemos nas igrejas.
Este formato não fica preso a auditório, podendo ser realizado em qualquer lugar como salão de festas, sala de estar etc…

Bem, estou ansioso por estar entre vocês em sua comunidade, para isso basta me procurar pelos endereços abaixo:

EMAIL –                       tambazko@gmail.com

SKYPE –                      deio.tambasco

FONE / WHATZAPP – 11-98375-8266

Que Deus te abençoe, te vejo em breve.

 

2 Comentários


  1. Deus te abençoe! Gostei também da explicação sobre a remuneração, interessante que muitos irmãos não entendem e acham errado receber, sendo que é bíblico.
    Gostei mais ainda do formato, se posso assim dizer, usado! Muito interessante e creio que dê bons resultados também, até mesmo para nós músicos já que ficamos mais junto das pessoas ao invés de ser o alvo da atenção, o que pode gerar certo “estrelismo” ou um pouco de insegurança.

    Responder

    1. Bom saber que concorda comigo e gostou do projeto, meu irmão.
      Fica com Deus

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *