12 Crenças Limitantes da Música e de todas as demais artes.

Tempo de leitura: 10 minutos

12 Crenças Limitantes da Música e de todas as demais artes.

crencas limitantes
crencas limitantes

Todos os dias passamos por experiências que nos geram Crenças Limitantes negativas ou positivas. Uma vez que não aprendemos como lidar com elas, corremos o risco de limitar as nossas opções ou mesmo nos tornarmos pessoas prepotentes.

Vou te dar um exemplo de Crenças Limitantes. Imagine que você está andando pelas ruas de São Paulo as 23:00hs, e em teu trajeto passa por uma viela, justamente neste momento é abordado por um grupo de orientais que te roubam o celular e ainda te agridem. Neste momento foi criada em sua mente a seguinte crença: Todo oriental é ladrão.
Perceba que o fato de você andar por ai em uma das horas mais perigosas, e ainda entrar em uma viela escura não causou tanto efeito quanto o fato de ter sido abordado por orientais, e neste momento você não quer saber se são japoneses, coreanos ou chineses, você cria um trauma sobre os orientais e isso vai te limitar lá na frente, quando aparecer uma oportunidade de crescimento ou amizade. Em outros casos a pessoa criaria a crença limitante com a viela, passando a ter medo de ruas estreitas, seja o horário que for.

Crenças como: Todo japonês é sushi-man, todo italiano é mafioso, todo árabe é terrorista, todo tatuado é bandido etc… apenas nos cegam, e criam limites em nossa mente, precisamos urgentemente aprender a lidar com cada uma delas.

Pela minha experiência com artes, mais especificamente com a música, adquiri algumasCrenças Limitantes, crenças estas que já foram vencidas e apagadas com ajuda de Deus e também com a própria experiência, gostaria de compartilhar algumas delas com você, lembrando de que cada pessoa cria as suas crenças baseadas em suas experiências, então estas 12 dicas não representam a totalidade dos possíveis obstáculos.

crencas-limitantes
crencas-limitantes

1 – A Arte é supérfluo.

Sabe aquela sensação de que na hora da crise a primeira coisa a ser cortada é a aula de guitarra, piano dança etc…?
Este tem sido o medo predominante para todos aqueles que vivem de arte, pois geralmente é o que acontece quando as famílias precisam reavaliar seus orçamentos.
O que fazer com esta crença? Primeiramente não se conforme com as estatísticas, pois nessas horas o que você precisa fazer é tornar a tua arte indispensável para as pessoas.
Pense no que você tem realmente oferecido de valor em teu serviço, e o que poderia fazer para melhorar ainda mais o atendimento, o pós venda, o tratamento e assim por diante.
O que tenho percebido é que do jeito que o mercado internacional cresce, as pessoas fazem de tudo para manterem seus estudos de língua estrangeira. Então por que também não podemos tornar a nossa arte indispensável, uma vez que o mundo está aberto à música, e muitas das pessoas hoje gostariam de ter uma carreira internacional?
Estou dando apenas um exemplo do que poderia ser um ponto de partida para a tua mudança e teu modo de pensar.
Lembre-se de que o que eu estou falando é baseado em minhas próprias experiências de vida, então tente absorver cada um destes pontos e levar para o teu contexto de vida.

2 – Não ter muitos amigos na rede social.

Quem disse que você precisa ter uma rede social superlotada de pessoas?  Faça uma experiência, poste uma foto qualquer em sua rede social preferida, depois subtraia do numero total de seguidores, o numero de curtidas obtidas na postagem. Pronto, agora você sabe quem não te segue de verdade.
Uma coisa é ser seguidor, outra bem diferente é ser engajado com o artista. Quando uma pessoa gosta de você, ela presta atenção em tudo que você fala, portanto não se limite a apenas postar fotos bonitas ou mesmo tocar algum instrumento, isso se você se preocupa com isso.
Vou te dar um exemplo, eu mesmo. Sempre fui fan do Michael Jackson, então vivia ligado em tudo sobre ele, sua opinião era muito importante pra mim, e o fato de falar muito sobre paz me fazia feliz. Como todo ser humano tinha seus problemas mas sua mensagem fazia total diferença para aqueles que o seguiam.
Baseado nisso, digo que você tem em suas mãos a chance de impactar e transformar esta geração, ou simplesmente fazer parte de sua “playlist” em seus momentos de entretenimento. Definitivamente somos mais que isso.
Pra resumir, mostre aos seus seguidores quem você realmente é, estabeleça uma conexão com eles, e depois me fale sobre seus resultados.
Lembre-se também que o que você tem, não pode definir o que você é.

3 – Todo artista é desocupado.

Desde que esteja desempregado ou não goste de trabalho, isso pode ser verdade, mas a partir do momento em que você olha ao redor e percebe que muitos dos nossos amigos artistas não tem tempo se quer para um cafezinho, logo vê que se trata de mais uma crença limitante.
A arte, quando profissão, é um emprego como todos os outros; quando vemos desta forma, logo entendemos a demanda de tempo e dedicação necessários.
Quando nos apegamos a esta crença, não conseguimos força e motivação para dar ao trabalho a atenção devida.

4 – Músico é miserável.

De onde as pessoas tiraram esta ideia? E pior ainda, por que a gente acaba recebendo estas palavras e tomando para nós como fato?
Primeiro por que acredito que nós brasileiros não imaginamos o que é “miséria” de fato. Pra conhecer melhor basta sair por aí e encontrar com moradores de rua, ainda assim sabemos que de fome eles não morrem, muitos deles morrem de frio ou por outras doenças.
Uma coisa que eu falo muito é que não devemos nos imaginar desta forma, achando que todo mundo tem obrigação de nos ajudar ou dar coisas. As pessoas ficam atras de “endorser” querendo ganhar desde palheta até roupa, sendo que temos capacidade de trabalhar e comprar as coisas que precisamos. Mesmo esta minha linha de pensamento pode representar as minhas próprias crenças, portanto faça uma analise de sua vida e veja o que realmente é importante pra você, e que caminho tomar em sua vida.

5 – Músico não tem valor

Estava ministrando em um Congresso, quando ao final do último culto chamei todos os artistas para uma reunião.
Perguntei a todos, quem se sentia desvalorizado, e o resultado não foi surpreendente, quase todos aqueles jovens levantaram suas mãos.
Minha próxima pergunta foi incisiva: Qual é o teu valor?

As pessoas não entendem que para falar antes de preço, é necessário antes mostrar e oferecer valor.

O que você tem oferecido à sociedade, ao teu pastor, ao teu Deus? Ele mesmo te capacitou, e não foi tão somente para o teu prazer, mas para que este dom seja usado para a Sua Gloria e em favor do próximo. Pensando assim já assumimos uma postura de servos, passando a oferecer o melhor de nós, em valores como bondade, generosidade, compromisso …

6 – Música não enche barriga

Conheço músicos ou outros artistas que vivem muito bem da arte, pessoas que fizeram verdadeiras fortunas com isso. Pode até ser muito difícil conquistar um patamar desses, mas qual o ramo de atividade que não exige extremo esforço para se conseguir um destaque?

7- O que eu faço não é essencial

Isso é verdade, a não ser que você torne a arte essencial. Você já viu algum Culto evangélico sem música, ou mesmo um consultório médico sem música de fundo? Me fale de um Filme sem trilha sonora, ou se um “Musical” sem dança.
A arte nos cerca de todos os lados, e achar que não é essencial é uma crença limitante das piores.

8 – Já tem muita gente fazendo

Esta possibilidade de que o mercado está saturado assombra não só a área das artes, mas todos os setores. Mas isso não é verdade, se fosse assim não teríamos uma padaria em cada esquina, tantos postos de gasolina, bancos, igrejas etc… Existe um lado positivo que as pessoas não querem se apegar. Quanto mais concorrência mais qualidade, isso é natural, então ao invés de reclamar ou desenvolver esta crença, precisamos melhorar a qualidade dos nossos serviços, nos destacando assim dos demais.

9 – Ninguém entra nessa panelinha

As pessoas falam disso como se o mundo girasse em torno das tais “panelinhas”, existe um mundo inteiro te esperando para trabalhar, não se apegue a grupos fechados, tomando isso como desafio de vida. Isso já aconteceu comigo, havia dois irmãos tão unidos que ninguém podia se aproximar, não num grau extremo de amizade. Tomei isso como desafio e de fato, depois de muito investimento, consegui entrar para o grupinho. Fiquei muito feliz mas hoje percebo que os anos se passaram e estou novamente de fora, e isso não me faz sentir menor. Somos amigos, mas não quer dizer que eu possa alcançar o status de irmão, não de sangue.
As coisas são como devem ser, e se você não se encaixa em um grupo determinado saiba que Deus tem o seu espaço reservado, basta encontra-lo.

10 – Músico não tem voz ativa

Se um músico quiser ensinar matemática a um cientista pode ser que realmente não tenha. O nosso problema é achar que temos autoridade em todos os assuntos. Agora imagine o contrário. Um cientista da NASA pode debater sobre música com um artista?
É assim que as coisas funcionam, se você quiser ser bom em algo, aplique-se e entenda do assunto.

11 – Ninguém fez isso antes

Que tal se eu disser que você tem a chance de desbravar  o campo desconhecido e ser o pioneiro do novo que fatalmente acontecerá?
O fato é que vai acontecer com ou sem você.
Seja corajoso e pioneiro.

12 – Sou muito velho pra isso

Eu poderia dizer isso aos meus 44 anos de idade, mas vejo tantas oportunidades para um cara como eu, cheio de experiências para compartilhar. Tanto que estou aqui, e você está lendo esta mensagem.
Se eu me apegasse a isso já teria me aposentado.
Lembre-se que Moisés começou seu chamado aos 40, quando saiu do Egito, e depois de passar mais 40 anos aprendendo a depender de Deus, voltou para cumprir seu chamado, e isso aos 80.

Não existe prazo para a arte, não se apegue nisso. Basta assistir a um show do Rolling Stones para ver.

Abaixo está o Vídeo sobre Crenças Limitantes que postei em meu Canal do Youtube sobre este assunto:

Bom, espero que você tenha gostado, conto também com teu Feedback, desta forma poderei melhorar as minhas postagens.

Te convido a se inscrever em minha Lista Vip, desta forma ficará por dentro de tudo que acontece por aqui, eventos, postagens novas etc…

ENTRE EM MINHA LISTA VIP POR ESTE LINK

Também gostaria de te convidar a participar de meu Grupo de Discipulado no Facebook, chamado IMPULSO, onde postamos um conteúdo de crescimento espiritual , pessoal e profissional. Basta clicar no link abaixo e se inscrever.

IMPULSO / DEIO TAMBASCO

Deus abençoe
Déio

2 Comentários


  1. Muito bom Déio ! Inspirador brother !! Muito obrigado pelo teu tempo mano !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *